• amandarestom

O papel reciclado e os benefícios econômicos e ambientais da sua utilização


A procura por formas de reutilizar os recursos naturais está crescendo cada vez mais, e optar por papéis reciclados é uma ótima opção para ajudar o meio ambiente. Nosso principal objetivo é oferecer meios para que cada um possa aderir a esse movimento, usando cadernos com folhas recicladas e estampas exclusivas!


Hoje é impossível imaginar a nossa vida sem papel. No Brasil estima-se que o consumo anual desse produto chega a seis milhões de toneladas por ano.


Mas você sabe como é feito o papel?

O papel tradicional foi criado no ano de 150 D.C. por Ts’Ailun, na China. Era uma mistura umedecida a base de fibras vegetais trituradas e secas ao sol.


Essas fibras vegetais são à base de celulose. Atualmente duas espécies de árvores são preferencialmente utilizadas na produção, o Pinheiro (Pinus sp.) e o Eucalipto (Eucalyptus sp.) presentes em áreas de silviculturas, porém alguns papéis são produzidos com espécies de florestas nativas.


A produção do papel gera um enorme impacto ambiental. Para compreendemos melhor, para cada tonelada de papel produzido pela indústria é necessário em média:

- 2 toneladas de madeira (entre 15 a 25 árvores)

- 45 a 100 mil litros de água

- 5 a 7,6 mil KW de energia

Durante a fabricação é gerado cerca de 20 Kg de poluentes orgânicos e 90 Kg de resíduos sólidos.

O papel reciclado possui as mesmas características do papel comum, porém gerando um aporte de resíduos e de impacto ambiental muito inferior quando comparado ao papel novo.

Quais as vantagens de utilizar papéis reciclados?

O papel reciclado consiste na reutilização das fibras vegetais, essas fibras podem ser reutilizadas de 5 a 10 vezes, dependendo do uso e do tipo de papel.


O gasto energético, hídrico e de recursos vegetais é bem menor que o utilizado para produzir um papel novo, sem contar na redução de resíduos gerados ao final do processo.

Outra vantagem do papel reciclado é a geração de empregos e renda para uma comunidade que trabalha coletando esse material.

Mas será que todo tipo de papel pode ser reciclado?

Nem todo o papel pode ser reutilizado e a separação adequada desses materiais é fundamental para o aproveitamento pela indústria.


Papéis com restos alimentares ou que sejam descartados com outros resíduos, bem como papel higiênico ou toalha não são reciclados.

Os papéis reciclados são:

- Jornais;

- Papel de impressão;

- Sacolas de papel;

- Revistas;

- Papelão;

- Embalagens longa vida.

Como funciona o processo de produção do papel reciclado?

A produção ocorre de duas formas: doméstica ou industrial.


Na maneira doméstica o processo é muito similar a forma como ele foi criado inicialmente.

Já no processo industrial todo o papel recuperado por catadores é encaminhado para usinas de reciclagem e separados por tipo, prensados, classificados e encaminhados para a indústria.


Na fábrica esse material é misturado em água até formar uma massa que é peneirada e, compostos químicos são adicionados para a retirada de impressões. Essa material recebe um fortalecimento de fibras de celulose sendo encaminhado para o maquinário que irá dar a forma final ao papel.

Quais os benefícios para o meio ambiente na utilização do papel reciclado?

- Redução no volume de papéis que vão para os lixões e aterros;

- Preservação das árvores e matas nativas;

- Redução no consumo de água durante o processo;

- Economia de 80% de energia na fabricação do papel;

- Redução de resíduos industriais.

Por todos esses motivos apresentados, optar por produtos a base de papel reciclado é uma ótima opção para ajudar o meio ambiente, além de contribuir com a geração de empregos e ter a certeza de estar adquirindo um produto ambientalmente sustentável e de qualidade.


Um agradecimento especial à Cristiane Barbosa D'Oliveira Matielo, Dra. em Ciências Biológicas.


Referências utilizadas:

- Enio Yoshinori Hayasaka e Silvia Mitiko Nishida. A origem do Papel Disponível em: https://www2.ibb.unesp.br/Museu_Escola/Ensino_Fundamental/Origami/Documentos/indice_origami_papel.htm

- Recicla Sampa. A História da Reciclagem do Papel. Disponível em: https://www.reciclasampa.com.br/artigo/historia-e-reciclagem-de-papel:-entenda-o-processo-e-como-fazer

- Paulo Sérgio Rosalin Moreno. A Aceitação Pelo Consumidor Por Um Produto De Papel Reciclado. 2007. Dissertação de Mestrado. UNIARA. Araraquara - SP.

- FRAGMAQ. Entenda como funciona o processo de reciclagem do papel. Disponível em: https://www.fragmaq.com.br/blog/entenda-como-funciona-o-processo-de-reciclagem-do-papel/

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Indicamos: A História das Coisas, Annie Leonard

Olá! Hoje trazemos a indicação de um documentário da Annie Leonard disponível no YouTube <3 A Annie passou 10 anos viajando pelo mundo, descobrindo de onde as nossas coisas vem e para onde vão. Falamo

semente.shop | Razão Social Barbara Dantas.
CNPJ 36.493.846/0001-58 Estado e Município do Rio de Janeiro - Cep 22231-040

Entrega estimada em 5 dias para o RJ e 30 dias para demais

©2020 por semente.shop.